POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL COMO DIREITO DE PERMANECER NA UNIVERSIDADE PÚBLICA

MARIA LIDUINA DE OLIVEIRA E SILVA, MARIA JOSÉ DE SOUZA BARBOSA

Resumo


Resumo: O trabalho resulta de incursões na gestão acadêmico-administrativas de unidades de ensino, e busca refletir sobre a política de assistência estudantil, suas ações para garantir a permanência na graduação de estudantes considerados “vulneráveis socioeconomicamente”, na universidade pública. Tem como objetivo mostrar, de modo sintético, a importância dessa política na democratização do direito à vida acadêmica, face a crise neoliberal das políticas sociais. A formação de profissionais comprometidos com a transformação da realidade tem forte vínculo com a perspectiva do desenvolvimento ético-social, uma contradição, no seio do neoliberalismo, tendo em vista a redução das desigualdades sociais.

Palavras-chave: Assistência Estudantil. Direito. Universidade Pública. Neoliberalismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.