CARLITOS E AS DESIGUALDADES EXPRESSAS NO MUNDO DO TRABALHO

FRANCIELE MACHADO DOS SANTOS, JANE CRUZ PRATES

Resumo


Resumo: O presente artigo busca analisar de que modo à arte nos fornece subsídios para refletir sobre as dificuldades enfrentadas pela classe trabalhadora, aqui representada pela figura do personagem Carlitos. Seu comportamento, resultado de um trabalho em série para ampliar os lucros do capital, que fragmenta e torna a ação laboral mimética e tecnicista proporciona subsídios para refletir acerca do estranhamento presente no mundo do trabalho contemporâneo. Possibilita pensar sobre os rumos de uma sociedade competitiva, individualista e alienada que legitima esses processos através da mercantilização dos valores de uso, hierarquização e substituição da lógica da solidariedade e cooperação pela competição.

Palavras-Chave: Arte. Trabalho. Estranhamento. Trabalho alienado. Sociedade capitalista.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.