AS RELAÇÕES SOCIAIS E FAMILIARES DAS PESSOAS COM TRANSTORNO MENTAL NO CAPS ENFERMEIRA NORACI PEDROSA EM MACEIÓ

AUDIJANE MEDEIROS DE AGUIAR PEIXOTO PEIXOTO, THAIS DE OLIVEIRA ALVES, HELINE CAROLINE ELOI MOURA

Resumo


 

RESUMO: O trabalho que ora se apresenta investiga as relações sociais e familiares vivenciadas pelas pessoas com transtorno mental no CAPS Enfermeira Noraci Pedrosa, em Maceió-Alagoas. A análise do objeto nos remete a uma discussão sobre a Saúde Mental brasileira, que tem passado por diversas modificações, a exemplo dos avanços obtidos com a Reforma Psiquiátrica, que apresentou um modelo de tratamento democrático e humano, subvertendo o modelo hospitalocêntrico. Os principais resultados apontaram que os usuários do CAPS não são reinseridos socialmente em sua plenitude, demonstrando que a interdisciplinaridade é um dos instrumentos transformador da realidade social das pessoas em sofrimento mental.

PALAVRAS-CHAVE: Saúde Mental. Reforma Psiquiátrica. CAPS.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.