NÃO-RECONHECIMENTO PATERNO E SERVIÇO SOCIAL: DEMANDAS E REQUISIÇÕES

YNGRID CAROLINE LOPES LINS, ROSA LÚCIA PRÉDES TRINDADE

Resumo


Resumo: Este artigo tomou como objeto de pesquisa as implicações sociais decorrentes do não-reconhecimento paterno nas certidões de nascimento. Identificamos que esta é uma questão que chega ao Serviço Social, a partir da experiência de estágio não-obrigatório, desenvolvida no Núcleo de Promoção à Filiação do Tribunal de Justiça de Alagoas. A problemática foi relacionada com a discussão sobre as necessidades e demandas sociais, institucionais e as requisições profissionais que chegam ao Assistente Social, mediante o trabalho de Amorim (2010).

Palavras-chave: Não-reconhecimento paterno; Serviço Social; Demandas e requisições.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.