RECONCEITUAÇÃO E DITADURA MILITAR NA ESCOLA DE SERVIÇO SOCIAL DE PORTO ALEGRE

GRAZIELA SCHEFFER, THAÍSA TEIXEIRA CLOSS, INEZ ROCHA ZACARIAS

Resumo


Resumo: O artigo é resultado preliminar da segunda etapa de pesquisa sobre o Movimento de Reconceituação Latino-americano na Escola de Serviço Social de Porto Alegre, situada no Rio Grande do Sul. Foi desenvolvido por meio de um estudo exploratório de base documental e a partir de fontes orais. O estudo apresenta o panorama dos antecedentes do período da década de 1960, enfatizando a gênese e expressões das tendências de renovação do Serviço Social no período ditatorial, evidenciando a constituição de uma matriz de renovação profissional no RS que é produto da incidência do nacionalismo anti-imperialista e da educação popular no Serviço Social, impulsionando a politização do exercício e da formação profissional. Acreditamos ser fundamental esse estudo, pois a partir da referida Escola, ocorreram os primeiros passos do caminho sinuoso do movimento reconceituador em busca da unidade latino-americana do Serviço Social.

Palavras-chave: Fundamentos do Serviço Social; Reconceituação; Ditadura Civil-Militar; América Latina; Rio Grande do Sul.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.