A POLÍTICA DE GUERRA ÀS DROGAS E O ENCARCERAMENTO NO BRASIL: TRABALHADORES DO TRÁFICO

MAYARA MARIA ALONGE DOS SANTOS

Resumo


Resumo: A presente pesquisa buscou compreender o impacto da política de guerra as drogas no encarceramento no país, através do estudo das origens da proibição de psicoativos nos Estados Unidos da América, enquanto estratégia para a manutenção do capitalismo, expandida a diversos países do mundo, como o Brasil. Por meio da análise crítica, identificaram-se as particularidades que constituem a política de drogas nacional e a conjuntura em que emergiu, bem como o superencarceramento seletivo da população pobre, negra, indígena e periférica no Brasil, como produto da nova “Lei de drogas”. Neste cenário, também discutiremos a inserção dos chamados  traficantes, enquanto trabalhadores.

Palavras-chave: Proibicionismo; Encarceramento; Lei de Drogas; Política de Drogas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.