O ESTADO BRASILEIRO E A DISPUTA DE PROJETOS SOCIAIS: O AVANÇO DO REACIONARISMO CONTRA AS SOCIABILIDADES LGTBS

VALDENIZIA BENTO PEIXOTO

Resumo


Resumo: A formação sócio-histórica brasileira foi erigida por um conjunto de valores moralistas acerca dos corpos, dos gêneros, das sexualidades e dos comportamentos de indivíduos determinados por um padrão unívoco da heterossexualidade. Atualmente, o Estado brasileiro vive um momento de acirramento de projetos societários que se confrontam entre a manutenção hegemônica do moralismo reacionário e a ruptura destes, a luta e a garantia de direitos plenos à população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. Este artigo se propõe a analisar tal investida conservadora, enfatizando os determinantes políticos, históricos, culturais assim como a resistência da população LGBT no Brasil.

Palavras-chave: LGBTs; Sexualidades; Reacionarismo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.