FORMAÇÃO E TRABALHO DOS ASSISTENTES SOCIAIS NA PERSPECTIVA DOS PRINCÍPIOS RELIGIOSOS E ÉTICO-POLÍTICOS

VERÔNICA GONÇALVES AZEREDO, POLLYANNA DE SOUZA CARVALHO, LETÍCIA MACHADO DE ARAUJO

Resumo


Resumo: O objetivo é tecer considerações sobre a formação e o trabalho dos assistentes sociais num contexto onde o neoconservadorismo incide sobre a perspectiva de princípios religiosos e ético-políticos. Para tal, foram exploradas fontes de pesquisas realizadas em diversos estados do país, recortadas pelo eixo religião e serviço social, cujos sujeitos investigados, foram estudantes ou profissionais da área. A aproximação com o referido tema aponta para as experiências religiosas e o modo como estas impactam as diferentes esferas de atuação profissional e o quanto tais experiências tendem a corroborar para a manutenção de posturas e práticas conservadoras.

Palavras-chave: Assistente Social; trabalho; projeto ético-político; neoconservadorismo; religião.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.