A GESTÃO DA MISÉRIA: O ESTADO PENAL COMO CONTROLE SOCIAL NO BRASIL CONTEMPORÂNEO

PEDRO ENDRIGO TREJO DE OLIVEIRA, BRUNA BUENO

Resumo


Resumo: O fito deste trabalho é entender a relação entre os mecanismos do mercado de trabalho e do sistema penal, inseridos em contexto neoliberal no Brasil, visto que, o crescimento da população encarcerada é notório. Teceremos algumas reflexões acerca dos dispositivos que o Estado usa para controlar os pobres, mas também desvelando como a situação de pobreza é usada, para legitimar a manutenção de um macroaparato repressivo estatal, voltado não somente para criminosos violentos, mas para esta população empobrecida. Não coincidentemente é essa população que, atualmente, encontra-se preponderantemente fora do mercado de trabalho formal e excluída das políticas sociais do Estado.

Palavras-chave: Estado penal; questão social; criminalização da pobreza; trabalho.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.