A QUESTÃO SOCIAL E SUA GÊNESE

CLARISSA TENÓRIO MARANHÃO RAPOSO, JÉSSILA DOS SANTOS BELO

Resumo


Resumo: Este artigo recupera o significado histórico da “questão social” inerente ao desenvolvimento capitalista. Objetiva demonstrar que a contradição entre capital/ trabalho e a exploração constituem as mediações essenciais à apreensão da gênese da “questão social”. Aborda o fenômeno do pauperismo, como consequência da industrialização da Inglaterra no século XIX. Ressalta que a pauperização dos operários e sua luta por melhores condições de vida e trabalho, expressam a problemática que passa a ser denominada de “questão social”. Conclui que a “questão social” é produzida e reproduzida continuamente pelo desenvolvimento capitalista e sua supressão, demanda o extermínio da sociedade comandada pelo capital.

Palavras-chave: Desenvolvimento Capitalista; Exploração; Questão Social.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.