DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO E FORÇA DE TRABALHO DA MULHER NO CAPITALISMO

CAMILA CARDUZ ROCHA

Resumo


Resumo: Nesta apresentação pretende-se realizar uma breve exposição sobre o desenvolvimento e as particularidades da exploração da força de trabalho da mulher na produção e reprodução social no modo de produção capitalista. Para este objetivo, apoiando-nos no método materialista histórico-dialético, escolhemos a divisão sexual do trabalho como conceito-chave. Assim, buscamos contribuir com a pesquisa e o debate no Serviço Social, cuja dimensão da ação profissional atua diretamente nas expressões da “questão social”, possibilitando a problematização da condição da mulher como subsídio para a práxis profissional do Serviço Social. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica e faz parte do estudo para a elaboração da dissertação de mestrado da autora.

Palavras-chave: Divisão Sexual do Trabalho; Força de Trabalho da Mulher; Serviço Social.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.