O TRABALHO DA/O ASSISTENTE SOCIAL NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO: ENTRE RUPTURAS E (RE)ATUALIZAÇÕES EM TEMPOS DE JUDICIALIZAÇÃO E CRIMINALIZAÇÃO DA POBREZA

GRACIELLE FEITOSA DE LOIOLA CARDOSO, DEBORA NUNES DE OLIVEIRA

Resumo


Resumo: As reflexões contidas nesse artigo são frutos de uma pesquisa em exercício profissional, cujo objetivo foi trazer para o debate o trabalho da/o assistente social no Tribunal de Justiça de São Paulo, sobretudo em tempos de (re)atualização de requisições conservadoras e criminalizatórias que revelam o avanço da judicialização de expressões da questão social. Para tanto, parte-se do cotidiano de trabalho das autoras que atuam em uma Vara da Infância e Juventude Paulista. Para efeitos desse ensaio serão consideradas as demandas, sobretudo em relação as situações que envolvem a medida protetiva de acolhimento institucional e a destituição do poder familiar.

Palavras-Chave: Serviço Social; Tribunal de Justiça; Pobreza; Judicialização; Criminalização.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.