SERVIÇO SOCIAL E O CONSERVADORISMO PÓS-MODERNO

BRUNA DA COSTA MELLO, LUIS EDUARDO ACOSTA

Resumo


Resumo: Os maiores intelectuais do Serviço Social analisando as mudanças sociais ocasionadas a partir da crise de 1970 e apontando para os desafios do século XXI, indicam a possibilidade de um neoconservadorismo – de tipo pós-moderno - a lateralizar as conquistas obtidas na relação do Serviço Social com o pensamento marxista. Considerando o enrobustecimento do neoliberalismo, torna-se evidente que essas alterações se aprofundaram. Considerando ainda o fato de que a teoria social sempre teve um papel fundamental para a construção da hegemonia ideocultural do capitalismo e que a pós-modernidade tem norteado especialmente os quadros acadêmicos, compreendemos ser de substancial importância o estudo das possíveis novas facetas do conservadorismo, mediante uma análise ontológica e dialética.

Palavras-chave: serviço-social; neoconservadorismo; pós-modernidade


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.