JUVENTUDE E SERVIÇO SOCIAL: CONDIÇÕES DE VIDA E COTIDIANO DOS UNIVERSITÁRIOS

RODRIGO SILVA LIMA

Resumo


Resumo: Esse trabalho relaciona o debate teórico sobre juventude e a produção do Serviço Social a partir das recomendações da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS) realizadas por meio do Grupo Temático de Pesquisa (GTP) “Serviço Social, Gerações e Classes Sociais”. A partir da realização do “estado da arte” acerca da juventude, objetiva-se mapear e discutir a produção acadêmica publicada em periódicos e comunicações em anais de congressos e encontros de caráter nacional. O texto aborda as diferentes interpretações sobre juventude e sinaliza a escolhas dos jovens universitários pelo curso de Serviço Social nos primórdios da profissão, abrindo um leque para investigação e interlocução com as principais matrizes teóricas que fundamentam o debate sobre juventude no Brasil. É o momento inicial da pesquisa que objetiva dar vez e voz aos jovens, conhecer a sua realidade, suas condições de vida, seu cotidiano e formas de sobrevivência diante de uma sociedade conservadora, racista e que reitera estigmas e preconceitos. 

Palavras-chave: Juventude; Serviço Social; Universidade; Estado da arte.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.