MARXISMO E PROJETO ÉTICO-POLÍTICO DO SERVIÇO SOCIAL: FUNDAMENTOS PARA PENSAR O SERVIÇO SOCIAL BRASILEIRO E SEU PROJETO PROFISSIONAL NUMA PERSPECTIVA CRÍTICA

ELTON LUIZ DA COSTA ALCANTARA

Resumo


Resumo As transformações societárias das últimas três décadas apresentam óbices que pesam sobre a manutenção da hegemonia do projeto ético-político do Serviço Social; são processos que, articulando a “miséria da razão” com a “destruição da razão”, se põem como constrangimentos ao pensamento crítico. Sendo subsídio incontornável do projeto profissional, o marxismo nos parece a única perspectiva capaz de compreender desde a essência os fundamentos do Serviço Social, sabendo lidar com seus limites enquanto profissão sem que se caia na mera aceitação do avanço do capital e sua lógica autoexpansiva, construindo, coletivamente, alternativas que possibilitem escapar à mera reprodução mimética do imediato.

Palavras-chave: Intenção de Ruptura; Projeto Ético-Político; Marxismo; Serviço Social.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.