SOZINHO, SOU SEMPRE SUSPEITO

BEATRIZ ADÃO PASCOAL DA COSTA, MARIA LÚCIA MARTINELLI

Resumo


Resumo: Aborda-se aqui a imigração angolana na cidade de São Paulo a partir da narrativa de um imigrante quando precisa encarar a realidade que contrasta com o lugar sonhado, com a possibilidade do novo. O lugar de acolhida revela-se em frustrações, más descobertas e o desânimo. Dificuldade de acesso às políticas e serviços destinados aos residentes na cidade, constituiu-se demanda a ser enfrentada. Os obstáculos também aparecem para uma inserção no mercado de trabalho, a despeito da sua capacidade profissional. A razão é que, para além da imigração, o preconceito racial expõe uma hierarquização e marca as relações sociais no Brasil.

Palavras-Chave: Imigração africana; preconceito; trabalho.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.