APLICAÇÃO DE UM MODELO DE PREVISÃO DE DEMANDA EM UMA EMPRESA DO SETOR CERVEJEIRO

Iago Mesquita Naves Diniz, Deivid Marques Nunes, Vanessa Aparecida de Oliveira Rosa, Naiara Faiad Sebba Calife

Resumo


 O Brasil está entre os maiores produtores e consumidores mundiais de cerveja, com uma intensificação na sua produção de cerca de 5% ao ano desde 2004, porém as microcervejarias são responsáveis por apenas 1% da produção total do setor cervejeiro, no entanto com a recente tendência de terceirização, que o mercado cervejeiro apresenta, as microcervejarias estão ocupando cada vez mais espaço no mercado. A realização do presente trabalho foi motivada pela necessidade de otimizar o processo de planejamento estratégico de uma empresa do ramo cervejeiro a fim de reduzir as incertezas geradas ao longo do seu processo de produção. Este trabalho foi executado na forma de estudo de caso em uma empresa do setor cervejeiro do sudeste goiano. O objetivo foi realizar uma previsão de demanda para facilitar o direcionamento estratégico da empresa, a partir da análise dos dados históricos da venda de chope da empresa foram realizadas oito previsões de demanda, seis por meio do método de Holt-Winters e duas pelo método de decomposição em série, as medições foram comparadas por meio dos indicadores de acuracidade e foi realizado um teste de hipótese para verificar se existia ou não diferenças significativas entre as medições. Foi constatado que ambos os métodos não apresentavam diferenças significativas, o método multiplicativo de Holt-Winters foi o escolhido como o método mais adequado, mesmo com resultados ligeiramente inferiores, porém ele não apresentou nenhum indicativo de tendência ao longo de suas medições.


Palavras-chave


Previsão de demanda; séries temporais; setor cervejeiro.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRACERVA, Associação brasileira de cervejas artesanais. Crescimento das cervejas artesanais. Disponível em: . Acesso em: 13 abr. 2018.

BALLOU, Ronald H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos: logística empresarial, 5. ed. Porto Alegre. Bookman, 2011.

BUSSAB, W.O.; MORETTIN, P.A. Estatística básica, 8. ed. São Paulo: Saraiva, 2013.

CHIAVENATO, I. Administração da Produção. 11. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

CORRÊA, Henrique L., CORRÊA, Carlos A. Administração de produção e operações:

manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

CORRÊA, H. L.; GIANESI, I. G. N.; CAON, M. Planejamento, Programação e Controle da

Produção. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

COX, J. F.; BLACKSTONE, J. H. APICS Dictionary. 9. ed. Alexandria, VA: APICS, 1998.

DAYCHOUW, Merhi. 40 Ferramentas e Técnicas de Gerenciamento. 3. ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2007.

DOWNING, D; CLARK, J. Estatística Aplicada.3 ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

FERNANDES, F. C. F.; GODINHO FILHO, M. Planejamento e controle da produção: dos

fundamentos ao essencial. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

LIMA, F, R, S. Como Montar uma Microcervejaria. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2018.

LUSTOSA, L.; MESQUITA, M.A.; QUELHAS, O.; OLIVEIRA, R. Planejamento e controle da Produção. Rio de Janeiro: Editora Elsevier, 2008.

MAKRIDAKIS, S. G; WHEELWRIGHT, C. S; HYNDMAN, R. J. Forecasting: methods and applications. 3 ed. New York: John Willey & Sons, 1998.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MONTGOMERY, D. C; Runger, G. C. Estatística Aplicada e Probabilidade para

Engenheiros, 4ª Edição. Rio de Janeiro: Editora LTC, 2009.

RAMPAZZO, L. Metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Loyola, 2011.

REZENDE, Denis Alcides. Planejamento Estratégico para Organizações: públicas e privadas. 1. ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2008.

RITZMAN, L. P.; KRAJEWSKI, L. J. Administração da produção e operações. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

SLACK, N.; CHAMBER, S.; HARLAND, C. HARRISON, A.; JOHNSTON, R.; Administração da Produção. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

TUBINO, D. F. Planejamento e Controle da Produção: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

WRIGHT, Peter.; KROLL, Mark.; PARNELL, John. Administração estratégica. São Paulo: Atlas, 2000. 433p

ZANELLA, C.; VIEIRA, V.; BARICHELLO, R. Previsão de demanda: um estudo de caso em uma agroindústria de carnes do oeste catarinense. GEPROS. Gestão da Produção, Operações e Sistemas, Bauru, Ano 11, nº 1, p. 45-57, jan-mar/2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

 

                      Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE (ISSN: 2447-5580)