MUNDIALIZAÇÃO FINANCEIRA E AS TRANSFERÊNCIAS DE MAIS-VALOR: O CASO BRASILEIRO NO CONTEXTO DA AMÉRICA LATINA

Camilla dos Santos Nogueira, Rodrigo Emanuel Santana Borges, Aline Faé Stocco

Resumo


Diante do processo de mundialização financeira, este estudo detalha uma dimensão central da nova fase de dependência dos países latino-americanos. A atração e conseqüente remessa de capital, na forma de investimentos diretos e portfólio, aprofunda a condição de dependência. No Brasil, onde esse processo ocorre de maneira particular, como conseqüência da atração contínua de capital, a vulnerabilidade externa torna-se mais aguda, e se moldeia o padrão de reprodução do capital.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.