Dimensões n. 43 (2019/2) – Dossiê "Estudos africanos: novas perspectivas historiográficas"

A partir de 2003, com a promulgação da lei 10.639/03, que tornou obrigatório o ensino de História da África e da cultura afro-brasileira na educação fundamental do país, os estudos africanos tiveram um grande impulso. Nos últimos 16 anos, a africanologia se consolidou como uma área de vanguarda nas pesquisas acadêmicas brasileiras, dando vazão a uma série de livros, coletâneas, artigos, dissertações e teses. Uma rápida busca nas prateleiras das principais livrarias do país é suficiente para corroborar com esse crescimento editorial, destacando-se inúmeros títulos relacionados a temáticas variadas e concernentes às mais diversas cronologias. É possível identificar, como ponto de convergência destas produções, a ênfase no papel ativo e dinâmico ocupado pelos africanos na construção de sua história, demonstrando a posição fulcral do continente na própria constituição do passado da humanidade. Seguindo essa tendência, o dossiê Estudos africanos: novas perspectivas historiográficas, organizado pelo Prof. Dr. Belchior Monteiro Lima Neto, busca congregar investigações variadas e associadas com o campo da africanologia. Nesse sentido, serão aceitas contribuições em diferentes idiomas, português, espanhol, inglês, francês e italiano. Os artigos deverão seguir estritamente as normas ditadas pela Revista Dimensões, sendo o prazo limite para o envio das submissões o dia 01 de agosto de 2019.