Política indigenista e identidade nacional no México: as políticas de mudança cultural e a preocupação com a integração nacional em meados do século XX

Antonio Carlos Amador Gil

Resumo


Resumo: Durante o processo de institucionalização da Revolução Mexicana, a partir de 1910, diversos intelectuais se preocuparam com os elementos constitutivos da nação mexicana projetada. Com este propósito, o Estado Mexicano implementou uma política indigenista que sofreu diversas modificações durante o século XX. Neste trabalho analisamos alguns aspectos da história intelectual do indigenismo e os conceitos que o embasaram, abordando aspectos do pensamento de alguns formuladores da política indigenista mexicana. Apesar de todas as críticas contemporâneas ao indigenismo integracionista, suas teorias ainda reverberam em muitos espaços culturais e políticos e, por isso, nosso trabalho pretende discutir suas definições e propósitos.

Palavras-chave


Indigenismo; Identidade Nacional; México; Alfonso Caso.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


      

       

Dimensões - Revista de Históra da Ufes é uma publicação eletrônica semestral do Programa de Pós-Graduação em História (PPGHis) e do Núcleo de Pesquisa e Informação Histórica (NPIH) da Universidade Federal do Espírito Santo. Para melhor visualização recomendamos a resolução mínima de 1280x1024.