As muitas faces de frei João de São José de Queirós, bispo do Grão-Pará e Maranhão

Sarah dos Santos Araújo, Vincius Alves do Amaral

Resumo


Desfrutando de enorme prestígio na Corte portuguesa, o frade João de São José de Queirós foi nomeado bispo do Grão-Pará e Maranhão em 1760. Dois anos depois retornava a Lisboa para sofrer a dura penalidade do desterro. Através das reflexões de Foucault sobre redes discursivas e a subjetivação do indivíduo, pretendemos discutir sobre Queirós enquanto autor e alvo de representações que entrelaçam de distintas maneiras seu pensamento e sua trajetória.

Palavras-chave


Memórias; João São José de Queirós; Grão-Pará; Maranhão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


      

       

Dimensões - Revista de Históra da Ufes é uma publicação eletrônica semestral do Programa de Pós-Graduação em História (PPGHis) e do Núcleo de Pesquisa e Informação Histórica (NPIH) da Universidade Federal do Espírito Santo. Para melhor visualização recomendamos a resolução mínima de 1280x1024.