Tempo Gerúndio: Algumas Reflexões Poéticas sobre o Processo Criativo e a Casa da Infância

Autores

  • Maria Virginia Gordilho Martins EBA-UFBA

Resumo

Vivi uma infância em um sobrado no Recôncavo Baiano, através do qual germinaram jardins e muitos aprendizados que ora constituem a matéria de que sou feita, ou melhor, que em mim sempre se está fazendo, onde a arte e a vida se entrelaçam com o rememorar. Foi nesses primeiros passos que capturei certezas mutantes, pois o processo criativo é um tempo gerúndio. Com essas reflexões, a proposta registra o processo criativo de obras realizadas em 2017 e 2018. Germino o pensamento visual entre prática e teoria tendo como referências principais Gaston Bachelard, Henri Bergson e Cecilia Salles.

Publicado

2019-06-09

Edição

Seção

Seção Temática