TRANSFORMAÇÕES RELATIVAS À TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO NO CAMPO DA SURDEZ NO BRASIL

Priscila Melo Giamlourenço

Resumo


A tradução e interpretação no campo da surdez no Brasil se consolidam nos últimos anos a partir dos avanços sociais e políticos, bem como pela produção de pesquisa na área. Atuar como tradutor e intérprete na atualidade pressupõe acompanhar as mudanças relativas à profissão em vias de ter condições de realizar o exercício profissional na interface com a multidisciplinaridade dos contextos plurais e mesmo multilíngues em que os surdos se inserem. É nesse sentido que pela legislação e pelas demandas de atuação, conforme se visualiza em literatura recente, se faz necessário uma formação profissional a partir de saberes e conhecimentos diversos que podem ser construídos em diferentes níveis formativos nas modalidades presencial e à distância impulsionando o desenvolvimento profissional desse recurso humano que é um importante mediador das ações de inclusão. Compreende-se que as ações formativas precisam estar relacionadas com as demandas do campo de atuação, as quais são sinalizadas pelo próprio mercado profissional que se expande de modo cada vez mais criterioso em atenção aos direitos dos surdos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 PERcursos Linguísticos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

This work is licensed under a Creative Commons  Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 Internacional (CC BY-NC-ND 4.0). For more information about the license:https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/