A Habilitationsschrift de Heidegger: As Categorias e a doutrina da significação em Duns Escoto

Maria Manuela Brito Martins

Resumo


Objetivo do nosso artigo consiste, em primeiro lugar, contextualizar e explicar o Scotusbuch como ponto de partida de reflexão sobre os motivos que levaram Heidegger a interessar-se pela especulação escolástica medieval, num dos seus primeiros trabalhos académicos. Pretendemos, sobretudo, mostrar como o projeto da sua Habilitationsschrift pode nos esclarecer sobre a génese do pensamento de Heidegger, bem como nos permite avaliar a importância desse trabalho para agénese e evolução do pensamento de Heidegger. Em seguida, efetuamos uma leitura da primeira parte do Scotusbuch, expondo alguns traços essenciais sobre as categorias, no quadro formal da especulação escotista, concentrando-se a nossa análise na questão do Categorial em chave de leitura lógica, ontológica e teoria da significação.

Texto completo:

PDF 383-409

Apontamentos

  • Não há apontamentos.