Ações sócioeducativas e Serviço Social: características e tendências na produção bibliográfica

Telma Telma Cristiane Sasso de Lima, Regina Celia Tamaso Mioto

Resumo


A Pesquisa Bibliográfica realizada em produções do Serviço Social no período de 1993 a 2005 permitiu caracterizar as ações socioeducativas e realizar algumas observações sobre o seu caráter operativo, ensaiando uma breve sistematização. As bases gramscianas, o empowerment e a proposta freireana são as principais tendências teóricas mapeadas. No paradigma crítico-dialético, a concepção do que significa educar confere um componente político à ação como fator determinante. O sentido da ação muda segundo o significado conferido sobre o que é educar, porque educar, para quem e com qual finalidade. Considera-se que as sistematizações sobre o fazer profissional são importantes para promover: interlocução entre os Assistentes Sociais; qualificação técnico-operativa das suas ações e um diálogo teórico plural e interdisciplinar atento às bases críticas do conhecimento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22422/2238-1856.2011v11n21p211-237

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES:

Latindex: http://www.latindex.unam.mx/

Dialnet: http://dialnet.unirioja.es/servlet/revista?codigo=19796

IndexCopernicus: http://journals.indexcopernicus.com/passport.php?id=8544

Portal de periódicos da Ufes: http://peridicos.ufes.br

Diadorim-IBICT: http://diadorim.ibict.br/handle/1/319

LICENÇA:

CC BY https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/