Agenda feminista em construção e a direção emancipatória do conjunto CFESS/CRESS

Autores

  • Micaela Alves Rocha da Costa Mestranda do Programa de Pós Graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
  • Lizete Augusta Vidal Pereira Lopes Silva Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Andréa Lima da Silva Professora Adjunta da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2017v17n34p589-610

Resumo

RESUMO: O projeto ético-político do Serviço Social brasileiro, apesar de hegemônico no seio da categoria, não é homogêneo, o que implica no fato de que a não adesão de seus princípios por parte dos profissionais compromete, em partes, a sua materialização no cotidiano profissional. Considerando que o conjunto CFESS/CRESS, enquanto entidade que direciona o exercício profissional dos assistentes sociais brasileiros, possui protagonismo na produção e disseminação de materiais que demarquem os valores defendidos pelo Serviço Social, buscamos neste artigo analisar a contribuição política dessa entidade para a consolidação da luta feminista, étnico-racial e da diversidade sexual na formação e no exercício profissional, realizada por meio de resoluções e publicações consideradas como fundamentais para o pensar e fazer profissional comprometidos com a classe trabalhadora. Neste sentido, também destacaremos os impactos destes materiais para a categoria profissional. Este trabalho foi construído a partir da elaboração da dissertação de mestrado de uma das autoras e utilizou como metodologia pesquisa bibliográfica e documental na página oficial do CFESS, e entrevistas realizadas por meio de um roteiro semiestruturado, com docentes e discentes de universidades públicas e privadas do Rio Grande do Norte. Ressaltamos que a pesquisa foi submetida e aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes, respeitando a Resolução nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. 

Biografia do Autor

Micaela Alves Rocha da Costa, Mestranda do Programa de Pós Graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Assistente social e mestranda do Programa de Pós Graduação em Servio Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Lizete Augusta Vidal Pereira Lopes Silva, Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Andréa Lima da Silva, Professora Adjunta da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Assistente social, Professora Adjunta da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Possui Pós-Doutorado pela Universidade de Brasília (UNB)

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL. Diretrizes Curriculares da ABEPSS. Disponível em: < http://www.abepss.org.br/diretrizes-curriculares-da-abepss-10>. Acesso em 05 abr. 2017.

ABRAMIDES, Maria Beatriz; CABRAL, Maria do Socorro. A organização política do Serviço Social e o papel da CENEAS/ANAS na Virada do Serviço Social Brasileiro. IN: CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL.. 30 anos do Congresso da Virada. Brasília, 2009. p.55-78

CISNE, Mirla. SERVIÇO SOCIAL: UMA PROFISSÃO DE MULHERES PARA MULHERES?: Uma análise crítica da categoria gênero na histórica “feminização” da profissão. Mestrado em Serviço Social. Universidade Federal de Pernambuco, 2004.

______. GÊNERO E PATRIARCADO: Uma relação necessária para o feminismo. IN: QUEIRÓZ, Fernanda; RUSSO, Gláucia; GURGEL, Telma. Políticas sociais, Serviço Social e Gênero: Múltiplos Saberes. Mossoró, UERN, 2012.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Lei n.8662/93. Código de Ética do/a assistente social. 10 ed. rev. e atual. Brasília: CFESS, 2012.

______. Legislação e Resoluções sobre o trabalho do/a assistente social. Brasília: CFESS, 2011.

______. Política Nacional de Comunicação Conjunto CFESS-CRESS. Disponível em: < http://www.cfess.org.br/arquivos/POLITICA_COMUNICACAO_CFESS-CRESS.pdf>. Acesso em 05 abr. 2017.

______. Série Assistente Social no Combate ao Preconceito. Disponível em: < http://www.cfess.org.br/visualizar/noticia/cod/1300>. Acesso em: 15 out. 2016

BOSCHETTI, Ivanete. CFESS: O Projeto Ético-Político Profissional trinta anos depois: sentido e desafios. In: CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. 30 anos do Congresso da Virada. Brasília, 2009. p.145-155.

IAMAMOTO, Marilda V. O Serviço Social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. 20.ed. São Paulo: Cortez, 2011.

NETTO, José Paulo. O Serviço Social e a tradição marxista. Serviço Social & Sociedade, ano 10, n. 30, p. 89-102, maio/ago. 1989.

______. A construção do projeto ético-político do Serviço Social frente à crise contemporânea. In: Capacitação em Serviço Social e política social. Brasília: CEAD, 1999. Módulo 01: Crise contemporânea, questão social e Serviço Social.

______. Ditadura e Serviço Social: uma análise do serviço social no Brasil pós-64. 16. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

SILVA, Carmen & CAMURÇA, Silvia. Feminismo e Movimento de Mulheres. Recife: SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia, 2010.

ZAÍRA, Ary. Masculino e feminino no imaginário católico: da Ação Católica à teologia da libertação Coleção Outros diálogos. Annablume, 2000.

Publicado

2017-12-29