Agenda feminista em construção e a direção emancipatória do conjunto CFESS/CRESS

Micaela Alves Rocha da Costa, Lizete Augusta Vidal Pereira Lopes Silva, Andréa Lima da Silva

Resumo


RESUMO: O projeto ético-político do Serviço Social brasileiro, apesar de hegemônico no seio da categoria, não é homogêneo, o que implica no fato de que a não adesão de seus princípios por parte dos profissionais compromete, em partes, a sua materialização no cotidiano profissional. Considerando que o conjunto CFESS/CRESS, enquanto entidade que direciona o exercício profissional dos assistentes sociais brasileiros, possui protagonismo na produção e disseminação de materiais que demarquem os valores defendidos pelo Serviço Social, buscamos neste artigo analisar a contribuição política dessa entidade para a consolidação da luta feminista, étnico-racial e da diversidade sexual na formação e no exercício profissional, realizada por meio de resoluções e publicações consideradas como fundamentais para o pensar e fazer profissional comprometidos com a classe trabalhadora. Neste sentido, também destacaremos os impactos destes materiais para a categoria profissional. Este trabalho foi construído a partir da elaboração da dissertação de mestrado de uma das autoras e utilizou como metodologia pesquisa bibliográfica e documental na página oficial do CFESS, e entrevistas realizadas por meio de um roteiro semiestruturado, com docentes e discentes de universidades públicas e privadas do Rio Grande do Norte. Ressaltamos que a pesquisa foi submetida e aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes, respeitando a Resolução nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. 


Palavras-chave


Feminismo; Serviço Social; Conjunto CFESS/CRESS.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL. Diretrizes Curriculares da ABEPSS. Disponível em: < http://www.abepss.org.br/diretrizes-curriculares-da-abepss-10>. Acesso em 05 abr. 2017.

ABRAMIDES, Maria Beatriz; CABRAL, Maria do Socorro. A organização política do Serviço Social e o papel da CENEAS/ANAS na Virada do Serviço Social Brasileiro. IN: CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL.. 30 anos do Congresso da Virada. Brasília, 2009. p.55-78

CISNE, Mirla. SERVIÇO SOCIAL: UMA PROFISSÃO DE MULHERES PARA MULHERES?: Uma análise crítica da categoria gênero na histórica “feminização” da profissão. Mestrado em Serviço Social. Universidade Federal de Pernambuco, 2004.

______. GÊNERO E PATRIARCADO: Uma relação necessária para o feminismo. IN: QUEIRÓZ, Fernanda; RUSSO, Gláucia; GURGEL, Telma. Políticas sociais, Serviço Social e Gênero: Múltiplos Saberes. Mossoró, UERN, 2012.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Lei n.8662/93. Código de Ética do/a assistente social. 10 ed. rev. e atual. Brasília: CFESS, 2012.

______. Legislação e Resoluções sobre o trabalho do/a assistente social. Brasília: CFESS, 2011.

______. Política Nacional de Comunicação Conjunto CFESS-CRESS. Disponível em: < http://www.cfess.org.br/arquivos/POLITICA_COMUNICACAO_CFESS-CRESS.pdf>. Acesso em 05 abr. 2017.

______. Série Assistente Social no Combate ao Preconceito. Disponível em: < http://www.cfess.org.br/visualizar/noticia/cod/1300>. Acesso em: 15 out. 2016

BOSCHETTI, Ivanete. CFESS: O Projeto Ético-Político Profissional trinta anos depois: sentido e desafios. In: CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. 30 anos do Congresso da Virada. Brasília, 2009. p.145-155.

IAMAMOTO, Marilda V. O Serviço Social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. 20.ed. São Paulo: Cortez, 2011.

NETTO, José Paulo. O Serviço Social e a tradição marxista. Serviço Social & Sociedade, ano 10, n. 30, p. 89-102, maio/ago. 1989.

______. A construção do projeto ético-político do Serviço Social frente à crise contemporânea. In: Capacitação em Serviço Social e política social. Brasília: CEAD, 1999. Módulo 01: Crise contemporânea, questão social e Serviço Social.

______. Ditadura e Serviço Social: uma análise do serviço social no Brasil pós-64. 16. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

SILVA, Carmen & CAMURÇA, Silvia. Feminismo e Movimento de Mulheres. Recife: SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia, 2010.

ZAÍRA, Ary. Masculino e feminino no imaginário católico: da Ação Católica à teologia da libertação Coleção Outros diálogos. Annablume, 2000.




DOI: https://doi.org/10.22422/2238-1856.2017v17n34p589-610

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES:

Latindex: http://www.latindex.unam.mx/

Dialnet: http://dialnet.unirioja.es/servlet/revista?codigo=19796

IndexCopernicus: http://journals.indexcopernicus.com/passport.php?id=8544

Portal de periódicos da Ufes: http://peridicos.ufes.br

Diadorim-IBICT: http://diadorim.ibict.br/handle/1/319

LICENÇA:

CC BY https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/