AVALIAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS DA ÁREA SERVIÇO SOCIAL: QUADRIÊNIO 2013-2016

Maria Lúcia Teixeira Garcia, Vera Maria Ribeiro Nogueira, Hélder Boska de Moraes Sarmento

Resumo


Reflete sobre o processo de avaliação do Qualis da área de Serviço Social entre 2007 e 2016. Aborda aspectos que configuram o periódico como um veículo privilegiado de divulgação do conhecimento científico. Apresenta o sistema de avaliação de periódicos utilizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior e discute os critérios do Qualis utilizados entre 2007 e 2012, os resultados obtidos, as mudanças realizadas no quadriênio 2013-2016 e as principais alterações e o resultado alcançado nessa área.


Texto completo:

PDF

Referências


BARBALHO, Célia Regina Simonetti. Periódico científico: parâmetros para avaliação de qualidade. In: FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto; TARGINO, Maria das Graças (Orgs). Preparação de revistas científicas: teoria e prática. São Paulo: Reichman& Autores Editores, 2005.

BIOJONE, Mariana Rocha. Forma e função dos periódicos científicos na comunicação da ciência. 2001.107f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação e Documentação)- Escola de Comunicação e Artes de São Paulo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/267936973_Forma_e_funcao_dos_periodicos_cientificos_na_comunicacao_da_ciencia Acesso em: 28 dez. 2017.

BOON, S. 21 st Century Science overload.The CSP blog, 7 Jan. 2016. Disponível em: .Acesso em: 19 mar. 2018.

BORINI, Felipe Mendes; FERREIRA, Jackeline. Internacionalização de Periódicos Científicos Brasileiros: Estudo de Caso à luz da Teoria de Redes e da Teoria Institucional. Revista Ibero-Americana de Estratégia, v. 14, n. 4, p. 24, 2015. Disponível em: < http://www.revistaiberoamericana.org/ojs/i ndex.php/ibero/article/view/2252>. Acesso em: 17 maio 2017.

CASTIEL, Luis David; SANZ-VALERO, Javier.Entre fetichismo e sobrevivência: o artigo científico é uma mercadoria acadêmica?. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.23, n.12, p.3041-3050, dez. 2007. Disponível em: . Acesso em: 19 mar. 2018.

COSTA, A.J. B. Financiamento de periódicos nacionais: o estado da arte. Ponto de Acesso, Salvador, v.9, n.1,p. 2-20, abr. 2015.. Acesso em: 19 mar. 2018.

CUENCA, Angela Maria Belloni; NORONHA, Daisy Pires; UENO; Helena Mariko; KOBAYASHI, Keilla M. Periódicos brasileiros de saúde pública: a questão do financiamento. InCID, Ribeirão Preto, SP, v.2, n.2, p. 101-110, jul./dez. 2011.

DE MEIS, L.; LETA, J. O perfil da ciência brasileira. Rio de Janeiro: UFRJ, 1996.

FERREIRA, Ana Gabriela Clipes; CAREGNATO, Sônia Elisa. A editoração eletrônica de revistas científicas brasileiras: o uso de SEER/OJS. TransInformação, p. 171-180, maio/ago.2008.

FARADAY, F. James M. The Correspondence of Michael Faraday.The Royal Institution, London, UK, v. 4, p.1849-1855, p.942. 1999. Disponível: . Acesso em: 20 mar. 2018.

FONSECA, Claudia. Avaliação dos programas de pós-graduação: do ponto de vista de um nativo. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, v. 7, n. 16, p. 261-275, dez. 2001.. Acesso em: 21 mar. 2018.

FREITAS, M.H. Considerações acerca dos primeiros periódicos científicos brasileiros. Ciência daInformação, Brasília, v. 35, n. 3, p. 54-66, set./dez. 2006.

GIBBS, W. W. Lost science in the third world. Scientific American, p. 76-83, Aug. 1995.

HOBSBAWM, Eric. As origens da Revolução Industrial. São Paulo: Global Editora, 1979.

MARX, Karl. Para a Crítica da Economia Política: Introdução. Trad. José Arthur Giannotti e Edgar Malagodi. São Paulo:Abril Cultural,1985. p.101-125. (Coleção Os Pensadores).

NASSI-CALÒ, L. Estudo destaca os modelos de publicação em periódicos científicos do Brasil e Espanha. SciELO em Perspectiva, 2014. Disponívelem: .Acessoem: 2 jan. 2018.

NEVES, ABÍLIO BAETA. Depoimento Abílio Baeta Neves. INFOCAPES - Informativo da CAPES, Brasília, v.10, n. 4, p. 6-15, out./dez. 2002. Disponível: . Acesso em: 12 jan. 2018.

NOGUEIRA, V.M. R.; SILVA, V. R. Ética em pesquisa, plataforma brasil e a produção de conhecimento em ciências humanas e sociais. Ser social (UNB), Brasília, v. 14, p. 190-209, 2012.

PACKER, Abel L. et al. (Org.). SciELO - 15 Anos de Acesso Aberto [livro eletrônico]: um estudo analítico sobre Acesso Aberto e comunicação científica. Paris: UNESCO, 2014.

TRZESNIAK, P. A concepção e a construção da revista científica. In: CURSO DE EDITORAÇÃO CIENTÍFICA, 10., 2001, Petrópolis. Petrópolis : ABEC, p. 17-23, 2001.




DOI: https://doi.org/10.22422/temporalis.2018v18n36p349-364

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES:

Latindex: http://www.latindex.unam.mx/

Dialnet: http://dialnet.unirioja.es/servlet/revista?codigo=19796

IndexCopernicus: http://journals.indexcopernicus.com/passport.php?id=8544

Portal de periódicos da Ufes: http://peridicos.ufes.br

Diadorim-IBICT: http://diadorim.ibict.br/handle/1/319

LICENÇA:

CC BY https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/