A formação profissional e o fortalecimento do Serviço Social como área de conhecimento: estratégias e desafios da Abepss no biênio 2007-2008

Autores

  • Marina Maciel Abreu Universidade Federal do Amazonas - Manaus (AM)

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2011v11n22p67-80

Resumo

É motivo de grande alegria e profunda emoção participar do número especial da Revista Temporalis, alusivo aos 65 anos da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviços Social (Abepss), e contribuir, com base no debate e trabalho coletivo desenvolvidos na gestão 2007-2008, no esforço a que se propõe essa publicação de recuperação histórica do protagonismo da entidade, desde a sua reestruturação em 1998. Tem-se que o ano de 1998 marca o redimensionamento das funções precípuas da entidade “[...] como associação de natureza acadêmico-científica na área do Serviço Social” (ABEPSS, 2008a), reafirmando-se como uma referência fundamental do desenvolvimento do Serviço Social brasileiro, em sua vinculação às lutas e resistência da classe trabalhadora orientadas pelo ideário da emancipação humana que passa pelas conquistas no campo dos direitos, mas implica uma luta permanente contra as forças do retrocesso.

Biografia do Autor

Marina Maciel Abreu, Universidade Federal do Amazonas - Manaus (AM)

Marina Maciel Abreu possui graduação em Serviço Social pela Universidade Federal do Maranhão (1970), mestrado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1977) e doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001). Atualmente é professora aposentada da Universidade Federal do Maranhão, com vinculação ao Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Fundamentos Históricos e Teórico-metodológicos do Serviço Social, atuando principalmente nos seguintes temas: Serviço Social, relação estado e sociedade civil, trabalho e lutas sociais.

Publicado

2012-02-06

Edição

Seção

Seção Especial