O serviço social e o Sistema Único de Assistência Social (SUAS): desafios éticos ao trabalho profissional

Autores

  • Berenice Rojas COUTO
  • Tiago MARTINELLI

DOI:

https://doi.org/10.18315/argumentum.v0i0.15

Resumo

Propõe uma reflexão concernente à implantação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), no que diz respeito ao trabalho do Assistente Social, como membro da equipe dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especiali­zados de As­sistência Social (CREAS) na prestação de serviços e na execução das ações. Contextua­liza o debate, a partir da realidade da contra reforma do Estado brasileiro e situa o Serviço Social como especi­alização do trabalho coletivo, fundado no projeto de formação em Serviço So­cial, bem como o projeto ético-político da profis­são sob a lógica dos eixos que dizem respeito à formação (ético-político, teórico-metodológico, técnico-operativo) nas competências da profissão, sobre os novos espaços sócio-ocupa­cionais dos Assistentes Sociais, espaços esses nos quais, di­ante das transformações societárias, se situa o SUAS.  Para tanto, o texto constrói um diálogo com as diretrizes do SUAS e os princípios enunciados no Código de ética dos Assistentes Sociais, apontando os elementos que aproximam essas di­retrizes e problematizando as categorias que são centrais.

Palavras-chave: Serviço Social. Assistência Social. Sistema Único de Assistência Social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-02-19

Como Citar

COUTO, B. R., & MARTINELLI, T. (2010). O serviço social e o Sistema Único de Assistência Social (SUAS): desafios éticos ao trabalho profissional. Argumentum, 92–105. https://doi.org/10.18315/argumentum.v0i0.15

Edição

Seção

Artigos Temáticos