Políticas sociais sobre drogas: um objeto para Serviço Social brasileiro

Autores

  • Rita Cássia Cavalcante Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Adriana Pereira Fonseca Pesquisa do Núcleo de Pesquisa em Políticas Públicas de Saúde Mental /NUPPSAM/IPUB/UFRJ
  • Andréa Pires Rocha
  • Juliana Batistuta Vale

DOI:

https://doi.org/10.18315/argumentum.v7i1.9051

Resumo

Diferentes atores, interesses e idéias estão em discussão no campo político sobre qual é a melhor política de drogas a ser implementada pelo governo brasileiro. Uma combinação desigual de forças se explicita na atualidade em direções antagônicas: de um lado, aumentam-se os efeitos do proibicionismo às drogas e sua conseqüente política criminal associada às configurações da privatização do fundo público; e de outro, cresce a organização política para resistir e lutar para reinventar uma nova sociabilidade não criminalizada com os usos das drogas. A prática, investigação e lutas do Serviço Social brasileiro participam dessa crítica hegemonia da área das drogas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rita Cássia Cavalcante, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Graduada em Serviço Social (UERJ), Professora Adjunta da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Pós-Doutoranda junto ao Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, Bolsista CAPES Processo nº 99999.007324/2014-06

Adriana Pereira Fonseca, Pesquisa do Núcleo de Pesquisa em Políticas Públicas de Saúde Mental /NUPPSAM/IPUB/UFRJ

Graduada em Serviço Social (ESS/UFRJ), Especialista em Saúde da Família e Comunidade (HESFA/UFRJ), Auxiliar de Pesquisa do Núcleo de Pesquisa em Políticas Públicas de Saúde Mental (NUPPSAM/IPUB/UFRJ)

Andréa Pires Rocha

Professora Adjunta do Departamento de Serviço Social da UEL - Universidade Estadual de Londrina-PR-Brasil, Doutora em Serviço Social pela UNESP – Universidade Estadual Paulista-SP-Brasil

Juliana Batistuta Vale

Doutoranda no Programa de Pós Graduação em Serviço Social na Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Pesquisadora no Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância - CIESPI/PUC-Rio

Downloads

Publicado

2015-06-29

Como Citar

Cavalcante, R. C., Fonseca, A. P., Rocha, A. P., & Vale, J. B. (2015). Políticas sociais sobre drogas: um objeto para Serviço Social brasileiro. Argumentum, 7(1), 26–38. https://doi.org/10.18315/argumentum.v7i1.9051