Edições anteriores

  • Gravitação
    v. 1 n. 1 (2020)

    Este é o primeiro número dos Cadernos de Astronomia, revista voltada tanto para especialistas quanto para o público leigo. O ponto comum é o interesse pela astronomia e ciências correlatas em seus diversos aspectos.  Neste número, uma série de textos aborda, em uma linguagem acessível, o tema Gravitação, desde seus aspectos históricos até as modernas teorias alternativas à teoria da relatividade geral, procurando refletir o dinamismo dos estudos científicos sobre esse assunto. Completam a revista artigos de divulgação científica, discussões e práticas de ensino, pesquisa científica e história da astronomia. Em particular, o artigo "Astrologia e astronomia: os paralelos entre a crença e a ciência" é resultante do trabalho vencedor da Mostra de Astronomia do ES de 2019, e consta também neste número.

  • Matéria Escura
    v. 2 n. 1 (2021)

    Neste segundo número dos Cadernos de Astronomia o problema da matéria escura, um dos mais importantes desafios científicos da atualidade, é abordado com destaque. Os artigos desta Seção Temática relatam as diferentes evidências astrofísicas e cosmológicas que corroboram para a existência de uma matéria escura, as propostas para explicá-la, bem como as tentativas de detecção direta. 

    A presente edição traz também uma descrição de como transcorreu a III Mostra de Astronomia do ES - MAES 2020, organizada pelo Núcleo Cosmo-ufes, pelo PPGComos e pelo IFES. A realização bem sucedida mostra em meio à complexa situação vivida devido à pandemia reflete o vigor e robustez do evento. Esta edição traz textos baseados em trabalhos premiados da MAES 2020.

    O leitor também encontrará nessa edição o interessante debate sobre a existência ou não de galáxias como "universos-ilha" no início do século XX, a emergência do conceito de buraco negro e a descrição de alguns dos principais problemas atuais em cosmologia. A hipótese da "luz cansada" para explicar a expansão do universo é revivida. Problemas mais específicos de ensino e pesquisa em astronomia e física são abordados em diversos artigos. A criação do Museu da Amazônia e sua importância para a comunidade brasileira em geral é narrada. Assim, o primeiro número deste segundo volume dos Cadernos de Astronomia procura refletir aspectos diversos da ciência como um todo, tendo como ponto de convergência a astronomia e a física.

  • Ondas Gravitacionais
    v. 2 n. 2 (2021)

    Nesta edição dos Cadernos de Astronomia o tema ondas gravitacionais é abordado com destaque. A existência destas flutuações no tecido espaço-temporal é uma das predições mais importantes da teoria da relatividade geral, a moderna teoria da gravitação. Estas ondas são muito fracas e devido a isso, os esforços científicos e tecnológicos que possibilitaram a construção de um aparato capaz de detectar a passagem de uma onda gravitacional pela Terra constituem hoje um dos maiores feitos da ciência mundial. Conquista de extrema importância que justifica o prêmio Nobel de Física de 2017.

    A organização da Seção Temática contou com o Editor Convidado Dr. Riccardo Sturani, pesquisador do Instituto Internacional de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e membro da colaboração científica LIGO (a primeira a detectar uma onda gravitacional), que também assina um dos artigos integrantes da seção. Mais seis cientistas, do Brasil e do exterior, colaboram com artigos sobre ondas gravitacionais, suas relações com a cosmologia, física de buracos negros, estrelas de nêutrons, e as diferentes formas de detecção.

    Além disso, textos de divulgação científica, sobre a cosmologia de Gödel e a astroquímica, bem como artigos de pesquisa técnica e de ensino, artigos de trabalhos premiados na Mostra de Astronomia do ES e a tradução comentada do artigo seminal sobre a descoberta das cefeidas, contribuem para esse número dos Cadernos de Astronomia.