A CONSTITUIÇÃO TÓPICO-DISCURSIVA DE HISTÓRIAS EM QUADRINHOS EM SALA DE AULA POR ALUNAS RECÉM-ALFABETIZADAS

Autores

  • Dennys Dikson Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Eduardo Calil Universidade Federal de Alagoas.

Resumo

Este trabalho apresenta um ensaio inicial com reflexões voltadas a discutir a construção da referenciação (CAVALCANTE, 2011, CORTEZ & KOCH, 2013, KOCH, 2010) e do tópico discursivo (KOCH et al., 1996; e LINS, 2008), estabelecida durante processos de escritura de história em quadrinhos (HQ), produzidas por uma díade de alunas (7 anos) de um 2º ano do Ensino Fundamental (escola pública). Para isso, registramos em vídeo proposta de produção textual desta díade, feitas pela professora para todos os alunos da sala, durante o desenvolvimento de um projeto didático intitulado “Gibi na Sala”. Nesta proposta, a díade deveria combinar e escrever uma única HQ. O material para a escritura estava semiestruturado, oferecendo aos alunos uma sequência narrativa em que continha apenas imagens retiradas de HQ curtas (1 ou 2 páginas) da Turma da Monica. No trecho escrito e na parte coenunciativa que elegemos para aqui analisar, identificamos que os quadros tópicos não são articulados pela dupla, tendo em vista que as alunas realizam um texto/diálogo preenchido por referenciações pontuais e descritivas, deixando de lado a estratégia referencial narrativa tão importante para que o sentido da história possa nascer e articular-se cena por cena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dennys Dikson, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Professor do Departamento de Letras da Universidade Federal Rual de Pernambuco.

Eduardo Calil, Universidade Federal de Alagoas.

Professor do Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Universidade Federal de Alagoas.

Downloads

Publicado

2015-12-21