ELE SE ESTICA, ELE SE CURVA E... ELE FAZ RIR – UMA ANÁLISE RETÓRICA DAS CAPAS DAS HQS DE PLASTIC MAN

Autores

  • Fernando Aparecido Ferreira Universidade de Franca - UNIFRAN

Resumo

O objetivo deste trabalho é promover uma análise retórica das capas das revistas com as histórias em quadrinhos do personagem Plastic Man, lançadas nos anos 1940 pela editora Quality Comic, nos Estados Unidos. Conhecido no Brasil como Homem-Borracha, o Plastic Man foi um dos personagens mais populares na chamada Era de Ouro dos quadrinhos norte-americanos. Parte dessa popularidade vem do éthos cômico e irreverente construído para o personagem pelo seu criador, o cartunista Jack Cole, trabalhado especialmente nas capas das revistas, sempre apoiadas em gags visuais. Sendo a capa o primeiro contato que o leitor obtém com o conteúdo de uma revista em quadrinhos, a mesma exerce uma função naturalmente argumentativa. Tentar entender esse processo retórico, considerando inclusive como o mesmo promove a construção da identidade de um personagem, é o que buscamos com este trabalho. Para tanto, foram selecionadas as capas mais significativas figurando Plastic Man, de publicações entre os anos de 1941 e 1950. Amparada principalmente nos estudos da Argumentação e Retórica, esta análise evoca os trabalhos de Perelman & Olbrechts-Tyteca (2005), Meyer (2007), Fiorin (2014) e Ferreira (2010), aliando-os aos estudos dos quadrinhos realizados por Eisner (1999) e Ramos (2012).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Aparecido Ferreira, Universidade de Franca - UNIFRAN

Docente do Programa de Pós-Graduação (Mestrado) em Linguística da UNIFRAN

Downloads

Publicado

2015-12-21