Os visigodos: de saqueadores de Roma a padrão de nobreza

Autores

  • Sergio Alberto Feldman

DOI:

https://doi.org/10.23871/dimensoes-n37-14863

Resumo

O artigo reflete sobre a construção do conceito de nobreza em relação aos visigodos pelo clero ibérico, em especial, pelo bispo Isidoro de Sevilha, bem como a associação dos visigodos à identidade cristã, à nobreza e à monarquia. Descreve a transformação dos conceitos de civilização e barbárie, esta última associada, inicialmente, a todos os povos germânicos, e a gradual mudança da imagem dos visigodos, que se transformam em defensores da fé, nobres e pilar da identidade cristã hispânica. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-31

Edição

Seção

Dossiê: Circularidade, identidades e imaginário político no Mundo Ibérico