Nietzsche e a instituição

O impedimento da descarga da força em forma de degenerescência vital

Autores

  • Adilson Felicio Feiler Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Resumo

Uma instituição quando modelada para não mudar, já foi concebida para o seu fracasso, pois não permite com que sua força interna se descarregue. Com isso, aquela força ao invés de ser criativa acaba se traduzindo em letargia e degenerescência, um veneno para a vida. A instituição que já foi criada, desde a sua base, para resultar em fracasso não se permite oxigenar a fim de que novas auroras brilhem sobre ela. Já no Prólogo de Aurora, Nietzsche evoca, a partir da metáfora do escavador, a necessidade de se submeter à crítica tudo aquilo que foi estabelecido desde os seus fundamentos, a ser perpétuo, como é o caso da moral. É este o trabalho de profundeza que Nietzsche investiga até atingir a base sob a qual uma instituição foi concebida. Com este artigo pretendemos escavar as profundezas dos alicerces sob os quais a instituição se formou na cultura de modo a avaliar as consequências da mesma sobre descarga da força vital.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-10

Edição

Seção

Artigos