Bill Viola ou como o Videoartista Imerge o Espectador em suas Obras

Autores

  • Angela Grando PPGA-UFES

DOI:

https://doi.org/10.47456/rf.v1i16.14857

Resumo

Se Bill Viola (1951-) é um pioneiro, o é também porque foi um dos primeiros a instalar seus vídeos no espaço imersivo de exposição. Para isto, recorre a uma multiplicidade de recursos, soluções técnicas e arquiteturais, planos articulados que focam o espaço e o tempo e privilegiam dispositivos através dos quais o espectador pode ter a sensação de estar imerso ou mesmo submerso por imagens, cada vez mais conquistadoras. Surgem, então, conexões inusitadas. Tratar dos agregados sensíveis que a obra cria, ao limiar da ficção, é o teor da nossa proposta de comunicação. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-26

Como Citar

Grando, A. (2016). Bill Viola ou como o Videoartista Imerge o Espectador em suas Obras. Revista Farol, 1(16), 74–82. https://doi.org/10.47456/rf.v1i16.14857

Edição

Seção

Artigos