Sobre a Revista

Foco e Escopo

  1. O objetivo da revista é o de difusão do conhecimento científico, se pautando pelo rigor e pela qualidade das contribuições. Não são aceitos trabalhos que não sejam resultado de pesquisas (de dissertações, teses e de projetos de pesquisa), organizados segundo as normas de trabalhos científicos.
  2. O público alvo dos artigos publicados compreende toda a sociedade, com destaque aos pesquisadores dos temas correlatos.
  3. Serão aceitas contribuições na forma de artigos, entrevistas, traduções e resenhas bibliográficas e notas sobre teses, dissertações, etc.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Inicialmente, é verificado se os artigos cumprem todas as normas que se encontram na seção Submissão. Os artigos sem identificação dos autores serão avaliados por dois membros do Conselho Editorial da revista ou, eventualmente, por pareceristas externos em função das diferentes especialidades exigidas. Os pareceres poderão ser: Aceitar, revisões requeridas, enviar novamente para avaliação ou rejeitar. Quando houver discordância entre os pareceres, o artigo será submetido a um terceiro parecer.

Se o artigo é aceito com recomendações aos autores e exigências de mudanças, será encaminhado para os autores e deve ser reenviado para o parecerista para avaliar se as correções sugeridas foram cumpridas. Num segundo momento o artigo é enviado a um segundo parecerista já corrigido, se for o caso. Esse fará sua avaliação e, se necessário, o artigo retornará para os autores para realizar as modificações demandadas, quando for o caso. O terceiro parecerista será necessário se houver discordância nos pareceres dos dois primeiros pareceristas.

Os autores deverão, se for o caso, devolver os artigos reenviados para correção nos prazos indicados pelos editores da revista. Artigos em correção que não cumprirem os prazos serão rejeitados.

Periodicidade

A Revista Geografares é semestral, publicando dois números ao ano. Os números podem ser temáticos ou com contribuições variadas.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Princípios éticos e boas práticas

Declaração de princípios éticos da publicação e de boas práticas dos editores da revista Geografares

A publicação de um artigo revisado por pares de maneira autônoma, independente e sem identificação dos autores e dos pareceristas é um modelo essencial para a revista Geografares. Definimos aqui padrões de comportamento ético esperado de todas as partes envolvidas no ato de publicação: o autor, os editores da revista e os membros do Conselho Editorial. Esses princípios estão baseados no COPE’s Best Practice Guidelines for Journal Editors.

Decisões sobre a publicação de artigos

O Editor Geral é responsável pela publicação.  O Comitê Editorial é composto pelo Editor Geral e os editores associados. O Comitê Editorial é responsável por decidir a política editorial da revista ouvindo sempre que necessário o Conselho Editorial. As políticas editoriais devem obedecer às exigências legais em vigor sobre difamação, violação de direitos autorais e plágio e outras decisões relativas às publicações.

Transparência e respeito à diversidade

Os editores e o Conselho Editorial devem avaliar os manuscritos submetidos sem levar em conta a raça, sexo, a orientação sexual, a crença religiosa, a origem étnica, a nacionalidade ou a filosofia política dos autores.

 

Confidencialidade

Os editores e o Conselho Editorial não devem divulgar qualquer informação sobre um manuscrito submetido, a não ser aos pareceristas e os conselheiros editoriais.

 

Divulgação e conflitos de interesse

Materiais inéditos divulgados em um manuscrito submetido não devem ser utilizados em pesquisas próprias de um editor ou membro do Conselho Editorial sem o consentimento expresso e por escrito do autor.

 

Deveres dos Pareceristas

 

Contribuição para as decisões editoriais

A leitura pelos pares auxilia o editor na tomada de decisões editoriais e, por meio das comunicações editoriais, com o autor também pode auxiliar o mesmo na melhora do artigo.

 

Pontualidade

Qualquer avaliador de artigo que não se sinta qualificado para analisar o artigo  ou sabe que a sua imediata leitura será impossível deve notificar imediatamente o editor.

 

Confidencialidade

Quaisquer trabalhos recebidos para análise devem ser tratados como documentos confidenciais. Eles não devem ser mostrados ou discutidos com os outros, exceto quando autorizado pelo editor.

 

Padrões de objetividade

Comentários devem ser conduzidos de forma objetiva. A crítica pessoal ao autor é inadequada. Os pareceristas devem expressar seus pontos de vista de maneira clara e apoiados em argumentos.

 

Sobre as fontes

Os pareceristas devem identificar trabalhos publicados relevantes que não foram citados pelos autores. O parecerista deve chamar a atenção do editor sobre qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em questão e qualquer outro paper publicado de que tenha conhecimento pessoal.

 

Divulgação e Conflito de Interesses

Informações privilegiadas ou ideias obtidas por meio da leitura por pares devem ser mantidas confidenciais e não utilizadas para proveito pessoal. Os pareceristas não devem ler os manuscritos em que têm interesses ou ainda ter relações com qualquer um dos autores dos artigos.

 

Direitos e deveres dos Autores

 

Pesquisas originais

Os autores de trabalhos que se referem à pesquisas originais devem apresentar um relato preciso do trabalho realizado, bem como uma discussão objetiva sobre o seu significado. Dados complementares devem ser representado com precisão no artigo. O documento deve conter detalhes suficientes e referências que permitam, se for o caso, que outros possam replicar o trabalho. Declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis.

 

Originalidade e plágio

Os autores devem garantir que as obras são inteiramente originais e, se eles utilizam o trabalho e/ou textos de outros, que isso seja devidamente citado. A revista tem uma política sistemática de identificação de plágio utilizando programas de identificação de plágio e exigindo um engajamento dos autores por escrito da originalidade e exclusividade do trabalho.

 

Publicação múltipla

Um autor não deve publicar manuscritos que descrevem essencialmente a mesma pesquisa em mais de uma revista. Enviar o mesmo manuscrito para mais de uma revista ao mesmo tempo e/ou publicar o mesmo artigo em mais de uma revista e/ou Anais de Congressos constitui um comportamento antiético de publicação e é inaceitável.

 

Sobre as Fontes

Os autores devem citar publicações que foram importantes  na determinação da natureza do trabalho relatado.

 

Autoria

Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como co-autores do artigo. Todos os co-autores devem conferir e aprovar a versão final do documento e ter concordado com a sua submissão para publicação.

 

Perigos a seres humanos ou animais

Se o trabalho envolve produtos químicos, procedimentos ou equipamentos que tenham quaisquer perigos incomuns inerentes à sua utilização, o autores devem identificar estes claramente no manuscrito.

 

Divulgação e Conflitos de Interesses

Todos os autores devem divulgar em seu manuscrito qualquer conflito financeiro ou de outra natureza que possa ser interpretado de forma a influenciar os resultados ou a interpretação de seu manuscrito. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas.

 

Erros fundamentais em trabalhos publicados

Quando um autor descobre um erro significativo ou imprecisão em seu trabalho publicado é obrigação do autor informar imediatamente o editor da revista ou a editora e cooperar com o editor para corrigir o artigo.

 

Sponsors

Revista apoiada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)  e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (FAPES) por meio de bolsas.

Fontes de Apoio

Queremos agradecer aos diferentes setores da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) que apoiam nossa revista e permitem que ela se transforme e tenha a configuração atual.

Histórico do periódico

A revista Geografares completou vinte anos em 2020.  Até o número 7, a revista era publicada em papel (todos os números se encontram disponíveis na página da revista em meio digital) e, a partir do número 8, ela se tornou somente digital. No entanto, somente a partir do número 9, publicado no segundo semestre de 2010, o sistema de submissão implementado foi totalmente automatizado e a gestão da revista se tornou online por meio do Open Journal Systems.