ESTAR, CIRCULAR E CURTIR: GÊNERO E SOCIABILIDADE EM UM PEQUENO ESPAÇO PÚBLICO DA ZONA SUL CARIOCA

Autores

  • Igor Campos Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.7147/GEO30.28585

Palavras-chave:

gênero, espaço público, sociabilidade

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar como as diferenças de gênero se constroem nos espaços dedicados à sociabilidade pública noturna. A Praça São Salvador, localizada na zona sul da cidade do Rio de Janeiro, foi selecionada como recorte analítico em virtude de sua efervescente vida noturna e da ocorrência de eventos que levantaram discussões sobre gênero. Em uma pesquisa de dois anos, identificou-se a existência de diferentes padrões de permanências e de deslocamento que conformam o encontro social de homens e mulheres no espaço público. Por fim, reconheceu-se a potencialidade das situações de sociabilidade pública como recortes para analisar a construção dos papéis sociais de gênero nas práticas cotidianas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Igor Campos, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Estudante de mestrado em Gestão e Organização do Território pelo Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGG - UFRJ). Graduado em Licenciatura em Geografia pela mesma instituição. Atualmente é integrante do Grupo de Pesquisa Território e Cidadania (UFRJ), coordenado pelos professores Paulo Cesar da Costa Gomes e Leticia Parente Ribeiro. Tem interesse nas áreas de espaços públicos, sociabilidade, vida cotidiana e geografia e gênero. Trabalha como professor de geografia no ensino básico em escolas particulares na cidade do Rio de Janeiro e na rede municipal de ensino de Rio das Ostras (RJ)

Downloads

Publicado

2020-07-08

Como Citar

CAMPOS, I. ESTAR, CIRCULAR E CURTIR: GÊNERO E SOCIABILIDADE EM UM PEQUENO ESPAÇO PÚBLICO DA ZONA SUL CARIOCA. Geografares, [S. l.], v. 1, n. 30, p. 176–203, 2020. DOI: 10.7147/GEO30.28585. Disponível em: https://www.periodicos.ufes.br/geografares/article/view/28585. Acesso em: 16 jan. 2021.