Além do palco e dos holofotes: Édipo, a maior de todas as bichas

Autores

  • Alexsandro Rodrigues UFES

Resumo

Da vida comum para os programas de auditório e para as igrejas,
as ex-bichas são constantemente atravessadas por discursos que se propõem a falar de suas vidas, da escolha de seus caminhos tortos e do momento em que encontram a sua salvação. Por meio da análise de vídeos do YouTube, em estratégias constante de produzir falas sobre si, notam-se tentativas de justificar e corrigir advindas dos saberes psicanalíticos e da religiosidade cristã. Essa articulação permite a existência do fenômeno ex-bicha e nos coloca a observar como as tecnologias dos dispositivos de sexualidade são fortemente influentes na produção de modos de vida, e como, ao mesmo tempo, são apropriadas por um discurso midiático que pouco diz sobre a verdadeira complexidade de uma sexualidade que vai além do “ex”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-02-03

Edição

Seção

ARTIGOS