Interlúdio: pistas para uma atmosfera de sensações em um plano-sequência de Madame Satã

Autores

  • Haroldo Lima UFES

Resumo

A partir de sequências de performance e de dança em Madame Satã,
filme de Karin Aïnouz, discutimos a produção de uma atmosfera de forças e de afetos operada através de uma câmera-corpo, que leva os olhos a acariciar as imagens, produzindo nesse roçar de peles uma pista de dança onde corpos cambaleantes resistem e inventam relações neste mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-02-03

Edição

Seção

ARTIGOS