A Mídia e as mensagens de gênero, de contornos sexistas, veiculadas por alguns anúncios publicitários

Autores

  • Julia Céli Torrecilha Fertel (Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de MS).

Resumo

O artigo trata da abordagem feminina em algumas peças publicitárias difundidas pela mídia, de como esses anúncios geraram protestos e debates entre pesquisadores, grupos feministas e o público em geral, por terem sido considerados discriminatórios e ofensivos à imagem da mulher. A análise passa pela ótica de estudiosos do processo de codificação e decodificação das mensagens, e do consumo exacerbado da sociedade contemporânea. Pontua-se neste contexto a objetivação feminina em detrimento da afirmação identitária e da valorização pessoal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julia Céli Torrecilha, Fertel (Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de MS).

Mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Gestora de Comunicação Social da Fertel (Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de MS).

Downloads

Publicado

2016-08-10

Edição

Seção

ARTIGOS