Cinema e publicidade na era pós-moderna: representação da mulher no universo convergente da franquia Star Wars

Autores

  • Letícia Carvalho
  • Emerson Campos Gonçalves

Resumo

Este trabalho busca evidenciar e discutir a representatividade dada às personagens femininas na narrativa transmidiática de Star Wars. Embora o pontapé inicial para as empreitadas teórica e empírica se dê a partir do thaumázein provocado pelos seis primeiros filmes da franquia (lançados entre 1977 e 2005), dedica-se maior atenção ao enredo e aos produtos e peças de divulgação do episódio VII, O Despertar da Força (2015), primeiro a ser produzido em um contexto cultural notoriamente dominado pelas ferramentas convergentes da era pós-massiva e, também, a apostar em uma mulher como heroína. Toma-se como referencial as obras de Jenkins (2009), Lemos e Lévy (2010) para a realização de um estudo qualitativo e quantitativo em três tempos: análise da narrativa no cinema e no Facebook; dos produtos de moda vendidos; e pesquisa com os fãs da saga.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-09-01

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO