40 ANOS DO MOVIMENTO ESTUDANTIL DE SERVIÇO SOCIAL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS NA ATUALIDADE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22422/temporalis.2019v19n38p37-51

Resumo

O presente ensaio, aborda a trajetória histórico-política dos 40 anos do Movimento Estudantil de Serviço Social (MESS) e 30 anos da Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social (ENESSO), focando nos desafios contemporâneo da sua organização política, com recorte na Região II. Resulta de sucessivas aproximações com a totalidade social, fruto da nossa trajetória e experiência no movimento, à luz do método materialista histórico-dialético, constituindo objeto de análise crítica por meio de revisão de literatura e pesquisa documental. As análises tecidas permitem afirmar que diversos desafios são recorrentes e constantes ao longo dos anos, principalmente a partir do advento dos ideais neoliberais. Contudo, nenhum desafio (im)posto ao MESS/ENESSO, pode ser compreendido de forma isolada do seu tempo histórico. Neste sentido, é preciso apostar nas contradições que surgem de todo processo determinado pela luta de classes, e utilizar-se da nossa inteligência e aptidão de mobilização para produzir, em conjunto com sujeitos coletivos e individuais, estratégias com potencial de enfrentar esse processo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-19