A universalização da Seguridade Social em questão: a tradução antinômica dos direitos aocioassistenciais

Autores

  • Beatriz Augusto Paiva Universidade Federal de Santa Catarina
  • Eliete Cibele Cirpiano Vaz Professora do Departamento do Serviço Social da UFSC
  • Kathiuça Bertollo UFSC
  • Josiane Biondo UFSC
  • Renata Nunes UFSC

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2012v12n23p45-67

Resumo

O trabalho que ora apresentamos tem como objetivo problematizar questões relativas ao debate sobre a política pública de assistência social, no contexto do seu reconhecimento como área da seguridade social brasileira. Mais precisamente pretende instigar a reflexão sobre alguns dos elementos contraditórios que afetam seu desenho como direito não contributivo, cuja amplitude deve voltar-se para universalização da proteção da seguridade social. É um recorte da produção investigativa que, em longo percurso intelectivo e político, tem se dedicado à análise das políticas sociais na América Latina, privilegiando os temas da assistência social, do financiamento público e do protagonismo popular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Augusto Paiva, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina e integra o Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA/UFSC.

Kathiuça Bertollo, UFSC

Professora do Departamento do Serviço Social da UFSC

Referências

BRASIL. Constituição Federal 1988. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.

CHESNAIS, François. Introdução geral. In: CHESNAIS, François (coord.). A mundialização financeira: gênese, custos e riscos, São Paulo: Xamã, 1999, p. 11-33.

COUTO, Berenice Rojas. O Direito Social e a Assistência Social na Sociedade Brasileira: uma equação possível? 2. ed. São Paulo: Cortez, 2006.

FRANK, Gunder. America Latina: Subdesarrollo o Revolución, México: Ediciones Era, 1973.

LAVINAS, Lena; CAVALCANTI, André. O Legado da Constituição de 1988: é possível incluir sem universalizar? In: Carta Social e do Trabalho, n. 7 – set./dez. 2007.

LUXEMBURG, Rosa. A Acumulação do Capital. Coleção Os Economistas, São Paulo: Nova Cultural, 1985.

MARINI, Ruy Mauro. Dialética da dependência. In: _______. Dialética da dependência: uma antologia da obra de Ruy Mauro Marini; organização e apresentação de Emir Sader. Petrópolis: Vozes; Buenos Aires: CLACSO, 2000, p.105- 165.

MARINI, Ruy Mauro. Subdesenvolvimento e Revolução. In: BARSOTTTI, Paulo; PÉRICAS, Luis Bernardo (Orgs.). América Latina – História, idéias e revolução. São Paulo: Xamã, 1999.

NETTO, José Paulo. Capitalismo Monopolista e Serviço Social. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2006.

OURIQUES, Nildo. Estado e Políticas Sociais na América Latina. In: NOGUEIRA, Francis Mary Guimarães. Estado e Políticas Sociais no Brasil, Cascavel: Edunioeste, 2001.

PAIVA, Beatriz; OURIQUES, Nildo. Uma perspectiva latino-americana para as políticas sociais: Quão distante está o horizonte? In: KATÁLYSIS v. 9, n. 2. Florianópolis: EDUFSC, 2006. p. 166-175

PAIVA, Beatriz; ROCHA, Mirella; CARRARO, Dilceane. Participação popular e assistência social: contraditória dimensão de um especial direito. In: KATÁLYSIS, v.13, n.2. Florianópolis: EDUFSC, 2010 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-49802010000200012&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 18 set. 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802010000200012.

RIBEIRO, Darcy. O Dilema Latino-Americano. Petrópolis: Vozes, 1978.

SADER, Emir. Ruy Mauro, intelectual revolucionário, In: SANTOS, Theotonio; SADER, Emir [coords.]; MARTINS, Carlos Eduardo, VALENCIA, Adrian Sotelo (orgs.). A América Latina e os desafios da globalização. Rio de Janeiro: Ed. PUC/Rio; São Paulo: Boitempo Editorial, 2009. p. 27-35.

SALAMA, Pierre. Novas formas de Pobreza na América Latina. In: GENTILI, Pablo (org.) Globalização Excludente. Petrópolis: Vozes; Buenos Aires: CLACSO, 1999. p. 180-223.

SALVADOR, Evilásio. Fundo público e Seguridade Social no Brasil. São Paulo: Cortez, 2010.

VALENCIA, Adrian Sotelo. A Reestruturação do mundo do trabalho: Superexploração e novos paradigmas da organização do Trabalho. Uberlândia: EDUFU, 2009.

________. Neoimperialismo, dependência e novas periferias na economia mundial. In:
SANTOS, Theotonio; SADER, Emir (coords.); MARTINS, Carlos Eduardo, VALENCIA, Adrian Sotelo (orgs.). A América Latina e os desafios da globalização. Rio de Janeiro: Ed PUC/Rio; São Paulo: Boitempo Editorial, 2009. p. 110-133.

YAZBEK, Carmelita. Classes subalternas e a assistência social. São Paulo: Cortez, 1993.

Downloads

Publicado

2012-08-27

Edição

Seção

Seção Temática