ECONOMIA VERDE: A NOVA OFENSIVA IDEOLÓGICA DO ECOCAPITALISMO

Autores

  • Nailsa Maria Souza Araújo Universidade Federal de Sergipe
  • Maria das Graças e Silva Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2012v12n24p127-143

Resumo

O presente artigo traz problematizações acerca do conceito de “economia verde”, conforme vem sendo divulgado e incentivado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Propõe-se a analisar os fundamentos deste conceito e desta estratégia de reorientação do desenvolvimento capitalista em pleno período de exponenciação de sua longa crise estrutural. Metodologicamente explora e analisa documentos e textos relacionados à temática. Destaca a anarquia da produção capitalista para desvelar sua incompatibilidade com uma dinâmica sustentável. Conclui que é a economia verde uma ofensiva ideológica do capital, na sua busca de encontrar mecanismos de exacerbação das potencialidades lucrativas de exploração do meio ambiente, mercantilizando ao extremo os recursos naturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nailsa Maria Souza Araújo, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Serviço Social/Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Maria das Graças e Silva, Universidade Federal de Pernambuco

Departamento de Serviço Social da UFPE

Downloads

Publicado

2012-11-04

Edição

Seção

Seção Temática