QUESTÃO AGRÁRIA, URBANA E AMBIENTAL NA AMAZÔNIA BRASILEIRA: EXPRESSÕES DA “QUESTÃO SOCIAL” NA REGIÃO

Autores

  • Nádia Socorro Fialho Nascimento Universidade Federal do Pará/UFPA

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2012v12n24p171-189

Resumo

Este artigo reflete sobre a questão agrária, urbana e
ambiental   no  contexto  da  Amazônia   brasileira,  a  partir  das determinações estruturais e históricas da sociedade do capital.
Objetiva   destacar   que   as   questões   que   afetam   a   região amazônica estão relacionadas ao papel que ela desempenha na totalidade   do   desenvolvimento   capitalista.   Isso   porque   as regiões/nações ricas em recursos naturais como é o caso do
Brasil e nele, como caso emblemático, da Amazônia brasileira,
são   alvo   da   exploração   sobre   a   natureza   em   função   da importância   daqueles   recursos   para   o   processo   produtivo.
Através   do   exame   dos   efeitos   da   implantação   de   grandes projetos, especialmente os de exploração mineral, sobre o espaço amazônico conclui por afirmar que o privilegiamento do modelo de desenvolvimento, calcado nos grandes projetos econômicos, tem produzido e (re)produzido expressões da "questão social" na região

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nádia Socorro Fialho Nascimento, Universidade Federal do Pará/UFPA

Assistente Social e Socióloga; Docente da Faculdade de Serviço Social/FASS e Do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social/PPGSS da Universidade Federal do Pará/UFPA.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2012-11-04

Edição

Seção

Seção Temática