O LUGAR DA PESQUISA NA FORMAÇÃO PROFISSIONAL: ALGUMAS QUESTÕES A PARTIR DOS RELATÓRIOS DAS REGIONAIS DA ABEPSS

Autores

  • Yolanda Demetrio Guerra Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Sheila Backx UFRJ - Escola de Serviço Social
  • Gustavo Repetti UFRJ - Escola de Serviço Social

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2013v13n25p205-232

Resumo

Trata este artigo de tecer algumas considerações sobre o lugar da pesquisa na formação profissional dos assistentes sociais brasileiros, na sua dupla dimensão: como principio formativo e como eixo estruturante da formação profissional. Realiza-se um balanço que possa auxiliar a gestão que ora se inicia a traçar estratégias para enfrentamento das questões que comparecem no Relatório Final da Pesquisa Avaliativa da Implementação das Diretrizes Curriculares do Curso de Serviço Social (2008) e nos relatórios gerados na experiência intitulada ABEPSS-Itinerante. Destaca-se os avanços e desafios no que se refere à concepção sobre o caráter da pesquisa, tendo em vista a natureza da profissão e quanto às questões, didático-pedagógicas, condições de trabalho docente e fundamentação teórico-metodológica. Propõe-se um resgate das Diretrizes no que se refere à concepção de pesquisa como produção de conhecimento e atitude investigativa. Conclui-se que o ensino da pesquisa na formação profissional não pode se reduzir ao conteúdo programático de uma disciplina, mas deve constituir uma dimensão transversal à formação integral sendo garantida na sua indissociabilidade com o ensino e a extensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yolanda Demetrio Guerra, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Departamento de Fundamentos do Serviço Social

Downloads

Publicado

2017-02-13