ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE EXPANSÃO DOS CURSOS DE SERVIÇO SOCIAL EAD E PRESENCIAIS

Autores

  • Larissa Dahmer Pereira Universidade Federal Fluminense - Niterói (RJ)

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2014v14n27p181-202

Resumo

O presente trabalho objetiva apreender o ritmo de crescimento dos cursos de Serviço Social ofertados na modalidade EaD, comparando-o com o dos cursos presenciais, buscando problematizar a participação de tais cursos (EaD) no processo formativo dos assistentes sociais brasileiros. Para a consecução do objetivo proposto, foram utilizados dados estatísticos extraídos das Sinopses da Educação Superior, disponibilizadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), referentes aos anos de 2006 a 2012. Os dados extraídos e analisados são os seguintes: (i) quantitativo de cursos; (ii) vagas ofertadas; (iii) matrículas; (iv) ingressantes; e (v) concluintes. A partir da extração dos dados, produziram-se gráficos com o objetivo de possibilitar a visualização do ritmo de crescimento de tais cursos, em comparação com os cursos presenciais. Além disso, problematizou-se o ritmo do crescimento dos cursos de Serviço Social na modalidade EaD, frente aos cursos presenciais, indicando possíveis tendências para a formação e o exercício profissional.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Dahmer Pereira, Universidade Federal Fluminense - Niterói (RJ)

graduada em Serviço Social pela Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ESS/UFRJ). Mestre em Serviço Social pelo Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (PPGSS) da ESS/UFRJ. Doutora em Serviço Social pelo PPGSS/ESS/UFRJ. Atuou como assistente social nas áreas de Saúde (Hospital Geral) e Saúde Mental. Professora adjunta do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal Fluminense/Niterói, onde ministra disciplinas nas áreas de Fundamentos Históricos e Teórico-Metodológicos do Serviço Social e de Política Social. É pesquisadora na área de Política Social, com enfoque na política educacional para o ensino superior e a formação profissional em Serviço Social. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior (GEPES), da Universidade Federal Fluminense, atuando na linha de pesquisa: "Mercantilização da educação superior e a formação profissional dos assistentes sociais". É coordenadora e editora do site www.assistentesocial.com.br.

Referências

AMARAL, N. C. Expansão-avaliação-financiamento: tensões e desafios da vinculação na educação superior brasileira. In: MANCEBO, D.; SILVA JUNIOR, J. R.; OLIVEIRA, J. F.; CATANI, A. M. (Org.). Reformas da educação superior: cenários passados e contradições do presente. São Paulo: Xamã, 2009. v. 1, p. 113-146.
______. Financiamento da educação superior: Estado X Mercado. São Paulo: Cortez, 2003.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL (ABEPSS). Diretrizes Gerais para o Curso de Serviço Social. Rio de Janeiro, novembro de 1996. Disponível em: <http://www.abepss.org.br/briefing/documentos/Lei_de_Diretrizes_Curriculares_1996.pdf>. Acesso em: 02 jul. 2014.
______. Política Nacional de Estágio. 2010. Disponível em: <http://www.abepss.org.br/briefing/documentos/politica_nacional_estagio.pdf>. Acesso em: 02 jul. 2014.
BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/CCIVIL/LEIS/l9394.htm>. Acesso em: 04 jul. 2014.
CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL (CFESS). Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS). Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social (ENESSO). Sobre a incompatibilidade entre graduação a distância e Serviço Social. Brasília: CFESS/CRESS/ABEPSS/ENESSO, 2010. Disponível em: <http://www.cfess.org.br/arquivos/incompatibilidade_ead_e_ss_cfesscress.pdf>. Acesso em: 02 jul. 2014.
GERMANO, J. W. Estado militar e educação no Brasil (1964-1985). São Paulo: Cortez, 2005.
INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Ministério da Educação (INEP/MEC). Sinopse Estatística da Educação Superior 2012. Brasília: INEP/MEC, 2012. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse>. Acesso em: 15 jul. 2014.
______. Sinopse Estatística da Educação Superior 2011. Brasília: INEP/MEC, 2011. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse>. Acesso em: 15 jul. 2014.
______. Sinopse Estatística da Educação Superior 2010. Brasília: INEP/MEC, 2010. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse>. Acesso em: 15 jul. 2014.
______. Sinopse Estatística da Educação Superior 2009. Brasília: INEP/MEC, 2009. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse>. Acesso em: 15 jul. 2014.
______. Sinopse Estatística da Educação Superior 2008. Brasília: INEP/MEC, 2008. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse>. Acesso em: 15 jul. 2014.
______. Sinopse Estatística da Educação Superior 2007. Brasília: INEP/MEC, 2007. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse>. Acesso em: 15 jul. 2014.
______. Sinopse Estatística da Educação Superior 2006. Brasília: INEP/MEC, 2006. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse>. Acesso em: 15 jul. 2014.
______. Censo da Educação Superior 2009 - Resumo Técnico. Brasília: INEP/MEC, 2010. Disponível em: <http://download.inep.gov.br/download/superior/censo/2009/resumo_tecnico2009.pdf>. Acesso em: 12 jul. 2013.
______. Censo da Educação Superior 2011 - Resumo Técnico. Brasília: INEP/MEC, 2013. Disponível em: <http://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/resumo_tecnico/resumo_tecnico_censo_educacao_superior_2011.pdf>. Acesso em: 12 jul. 2013.
LIMA, K. R. S. Contrarreforma da educação superior: de FHC a Lula. São Paulo: Xamã, 2007.
NEVES, L. M. W. (Org.). O empresariamento da educação: novos contornos do ensino superior no Brasil dos anos 1990. São Paulo: Xamã, 2002.
SGUISSARDI, V. Modelo de expansão da educação superior no Brasil: predomínio privado/mercantil e desafios para a regulação e a formação universitária. Revista Educ. Soc., Campinas, v. 29, n. 105, p. 991-1022, set./dez. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v29n105/v29n105a04.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2013.
SGUISSARDI, V.; SILVA JUNIOR, J. R. Trabalho intensificado nas federais: pós-graduação e produtivismo acadêmico. São Paulo: Xamã, 2009.

Downloads

Publicado

2014-08-30