Notas do GTP Trabalho, “Questão Social” e Serviço Social

Autores

  • Ricardo Lara Professor do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.
  • Marcelo Sitcovsky Professor Adjunto no Departamento de Serviço Social da Universidade Federal da Paraíba.
  • Edvânia Angela de Souza Lourenço Docente do departamento de Serviço Social da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais. UNESP, câmpus de Franca/SP
  • Claudia Mazzei Nogueira Professora Associada do Curso de Serviço Social e do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP - BS.
  • Vera Lúcia Batista Gomes Professora Associada da Universidade Federal do Pará.
  • Maria Liduina Oliveira Silva Professora adjunta do Curso de Serviço Social da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP- BS)

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2015v15n30p53-67

Resumo

O artigo tem como objetivo apresentar introdutoriamente a concepção do Grupo Temático de Pesquisa (GTP/ABEPSS) sobre a temática trabalho, questão social e Serviço Social, assim como contribuir para o debate contemporâneo. Tem por base as reflexões sobre os resultados de pesquisas que os membros do GTP têm desenvolvido. Dentre os principais resultados dessas reflexões destaca-se que as atuais medidas que visam ampliar irrestritamente as relações sociais de trabalho terceirizadas e a limitação de acesso aos benefícios previdenciários e do trabalho são estratégias do capital que, por meio do Estado, desarma o trabalho na sua condição de resistência coletiva, impondo, por exigências de sobrevivência, a necessidade de os trabalhadores se submeterem a agudização da subsunção real do trabalho ao capital, comprovando a incapacidade do projeto burguês de sociedade para a garantia de “níveis” qualitativos de “justiça social”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Lara, Professor do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.

Professor do curso de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Marcelo Sitcovsky, Professor Adjunto no Departamento de Serviço Social da Universidade Federal da Paraíba.

Professor do curso de Serviço Social da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Edvânia Angela de Souza Lourenço, Docente do departamento de Serviço Social da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais. UNESP, câmpus de Franca/SP

Assistente Social. Professora Doutora do Departamento de Serviço Social da UNESP-Franca. Possui pós-doutorado pela Universidade de Havana (convênio CAPES-MES-CUBA 2011-2014). É pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas “Teoria Social de Marx e Serviço Social” responsável pela linha de pesquisa: Mundo do Trabalho: Serviço Social e Saúde do Trabalhador – GEMTSSS.

Claudia Mazzei Nogueira, Professora Associada do Curso de Serviço Social e do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP - BS.

Professora do curso de Serviço Social da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-BS).

Vera Lúcia Batista Gomes, Professora Associada da Universidade Federal do Pará.

Professora do curso de Serviço Social da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Maria Liduina Oliveira Silva, Professora adjunta do Curso de Serviço Social da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP- BS)

Professora do curso de Serviço Social da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP- BS).

Referências

ANDERSON, P. Balanço do neoliberalismo. In: SADER, E.; GENTILI, P. (Orgs.). Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o Estado democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

BARRETO, M. M. S. Violência, saúde e trabalho: uma jornada de humilhações. São Paulo, EDUC, 2006.

DRUCK, G. A precarização social do trabalho no Brasil. In: ANTUNES, Ricardo. (Org.). Riqueza e miséria no Brasil. São Paulo: Boitempo, 2013.

HARVEY, D. A condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 2002.

______; CARVALHO, R. Relações sociais e Serviço Social no Brasil. São Paulo: Cortez, 1998.

IAMAMOTO, M. V. O Serviço Social na cena contemporânea. In: CFESS. Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Brasília: CFESS/ABEPSS, 2009.

LOURENÇO, Edvânia Ângela de Souza. Terceirização: a derruição de direitos e a destruição da saúde dos trabalhadores. In: Serviço Social & Sociedade. São Paulo: Cortez, n. 123, jul/set. 2015, p.447-475.
Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-66282015000300447&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 29, set., 2015.

MARX, K. O capital: crítica da economia política. São Paulo: Boitempo, 2013.

PAULO NETTO, J. Cinco notas a propósito da “questão social”. Temporalis, Brasília, DF, ano 2, n. 3, p. 41-50, 2001.

RIBEIRO, H. P. A violência oculta do trabalho: as lesões por esforços repetitivos. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1999.

SELIGMANN-SILVA. Trabalho e desgaste mental: o direito de ser dono de si mesmo. São Paulo: Cortez, 2011.

Downloads

Publicado

2015-12-30