Trabalho e especulação financeira: uma relação (im) perfeita

Autores

  • Mauricio de Souza Sabadini Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2011v11n22p241-270

Resumo

O objetivo deste artigo é o de estabelecer algumas conexões entre a especulação financeira e as alterações no mundo do trabalho. Aqui, ao contrário da visão ortodoxa, não trataremos a expansão da esfera financeira do capital como fenômeno isolado, somente associado à fase de circulação capitalista. Ao contrário, adotamos como método o entendimento da relação dialética entre as fases de produção e de circulação do ciclo global do capital sob forte interferência do capital fictício. A nosso ver, a compreensão da dinâmica da expansão financeira, fundada sobre o capital fictício, é de extrema importância para o entendimento das mudanças no mundo do trabalho no capitalismo contemporâneo, caracterizadas pela desestruturação e pelo aumento da precarização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauricio de Souza Sabadini, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Professor do Dep. Economia e do Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Downloads

Publicado

2012-02-04

Edição

Seção

Artigos de Temas Livres